Seja bem vindo – nossa missão

Seja bem vindo – nossa missão

 

As redes sociais estão cada vez mais presentes na vida das pessoas e passou a desempenhar um papel fundamental como ferramenta de comunicação em tempo real. Curtir, compartilhar, comentar, contar histórias, apresentar ideias, ajudar o próximo, denunciar, mostrar acontecimentos, mobilizar um grupo, uma cidade, um estado ou o Mundo. Já parou para pensar em quantas coisas podem ser feitas por meio das redes sociais¿

É fato que a sociedade conectada tem uma grande força para brigar e propor mudanças. Se tornou um termômetro para a condução de políticas públicas. Você, meu amigo, com um clique, pode fazer a diferença.

O que queremos aqui é usar o poder das redes sociais como uma das ferramentas para criar uma agenda positiva de políticas públicas, ir muito além do curtir e compartilhar, mas participar, de fato, em mudanças que sejam em benefício de todo o cidadão. Uma grande corrente do bem!

Hoje, muitas das discussões que ocorrem na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná são pautadas pelas redes sociais. Seja através do cidadão que procura parlamentares para apresentar denúncias ou propor ideias e debates, ou mesmo de informações divulgadas e que são captadas por parlamentares ou assessores.

Então, você, com a sua rede social, com muitos ou poucos amigos e seguidores, pode fazer a diferença para uma sociedade melhor. E quero continuar participando desse processo, ser o seu intermediário para que as ideias e discussões possam ser levadas adiante, para dentro do Plenário da Casa de Leis ou para o gabinete do Governo do Estado.

E não estamos aqui para discutir ideologia ou cores partidárias. O que nos interessa é a ação, transformar as discussões que ocorrem por meio desta ferramenta em políticas públicas de resultado.

E estamos em um ano propício para propor ideias e mudanças. Dentro de mais alguns meses vamos às urnas escolher novamente nossos representantes no governo, no Congresso Nacional e na Assembleia Legislativa.

Aquilo que for debatido aqui nas redes sociais será transformado em propostas para serem inseridas no plano de governo dos candidatos. Não apenas o seu voto é um instrumento que deve ser bem utilizado, mas as suas propostas, por meio das redes sociais, também podem alcançar àqueles que irão governar nosso Estado nos próximos anos. Mas para que isso aconteça, mais importante que um curtir, é a sua participação. Nós vamos nos encarregar de compartilhar as suas ideias.

 

 

Faça a diferença!

Como já disse, a sociedade conectada aprendeu a brigar por mudanças. Você pode fazer parte disso.

Nossa proposta é abrir mais um canal direto com a população para receber ideias, sugestões, críticas e denúncias. Tudo isso pode se reverter em ações em benefício da sua cidade e do nosso Estado.

Basta acessar um dos nossos canais que estarão disponibilizados ao final deste material e encaminhar vídeos, fotos, mensagens, enfim, aquilo que você entende que pode ser preciso mudar ou aquilo que possa fazer a diferença na vida das pessoas em seu dia a dia.

Quer um exemplo claro de como a sua participação pode fazer a diferença¿

Em 2011, após denúncias por e-mail que chegaram até a Assembleia Legislativa do Estado do Paraná, criamos a CPI dos Leitos do SUS, da qual fui o vice-presidente, para investigar a superlotação nos hospitais públicos e a falta de leitos em hospitais credenciados junto ao SUS.

Percorremos todo o Estado, constatamos os problemas nos próprios hospitais e, com o trabalho da CPI, foi criada a Central de Regulação dos Leitos, o que possibilita saber hoje, em tempo real, onde há um leito disponível em qualquer ponto do Estado, além da abertura de mais de mil novos leitos de forma imediata, que estavam fechados por problema de má gestão dos hospitais.

Além disso, muitos hospitais ganharam novos equipamentos para melhorar o atendimento da população.

Você está convidado a participar conosco para criarmos agendas positivas de trabalho e ações transformadoras.

 

“Não basta conectar pessoas, temos que garantir que essas conexões sejam positivas’.

Mark Zuckerberg, fundador do Facebook

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *